Social Analytics

social analytics
Social Analytics pode ser descritivo com objetivo de conhecer os resultados, ou prescritivo para indicar as melhores táticas.

Soluções de Social Analytics

Existem muitas soluções, algumas delas permitem gerir as próprias redes:

  • Se tem uma única rede social, provavelmente o seu respectivo analytics pode ser a melhor opção;
  • Se tem poucas redes sociais, e não é muito activo, o free Metriccool pode chegar;
  • Também tem Analytics com machine learning, para prever os posts com mais sucesso;
  • Mas o data blending para analytics da jornada do cliente.

Qual a melhor plataforma de Social Analytics?

Cada negócio tem a sua melhor plataforma, na medida em que usa mais ou menos determinada(s) redes sociais.

A escolha da plataforma depende de quem a está a gerir, depende da capacidade técnica, da vontade de aprendizagem. No martech existem muitas soluções, veja um grid da g2 acerca do social analytics:

social analytics

Uma coisa que se confunde, é que as plataformas são de gestão de redes sociais, com a funcionalidade de analytics.

As plataformas mais conhecidas são a Hootsuite, Agorapulse, SproutSocial, … não querendo dizer com isso que sejam as melhores para o seu negócio.

Aqui na Good Intelligence, temos usado a Recurpost, Buffer ou Metricool pela simplicidade da operação.

 

Algumas plataformas devem ser específicas

As empresas usam as redes sociais de acordo com as suas audiências. 

As plataformas podem ser úteis se conseguirem reunir num único dashboard todas as redes sociais. No caso de usar apenas uma rede social, pode estar a usar uma plataforma redundante.

Por exemplo, o Facebook tem os seus próprios analytics que faz inveja a algumas dessas plataformas pagas.

No youtube, o que recomendamos plataforma como TubbeBudy ou VidIQ, porque ajudam no Youtube SEO.

free and paid social media analytics
Top 12 Free and Paid Social Media Analytics & Reporting Tools for 2022

O que é mesmo Social Analytics?

Tanto os praticantes como os analistas conhecem os meios de comunicação social pelos seus muitos sítios e canais: Facebook, YouTube, Instagram, Twitter, LinkedIn, Reddit e muitos outros.

A análise dos meios de comunicação social é a capacidade de recolher e encontrar significado nos dados recolhidos nos canais sociais para apoiar decisões empresariais – e medir o desempenho de ações baseadas nessas decisões através dos meios de comunicação social.

A análise dos meios de comunicação social é mais ampla do que as métricas tais como gostos, seguimentos, retweets, previews, cliques e impressões recolhidas de canais individuais. Também difere dos relatórios oferecidos por serviços que apoiam campanhas de marketing como o LinkedIn ou o Google Analytics.

O Social Media Analytics utiliza plataformas de software especificamente concebidas que funcionam de forma semelhante às ferramentas de pesquisa na web. Os dados sobre palavras-chave ou tópicos são recuperados através de consultas de pesquisa ou “crawlers” da web que abrangem os canais. Fragmentos de texto são devolvidos, carregados numa base de dados, categorizados e analisados para obter percepções significativas.

A análise dos meios de comunicação social inclui o conceito de escuta social. A escuta é a monitorização dos canais sociais em busca de problemas e oportunidades. As ferramentas analíticas dos meios de comunicação social tipicamente incorporam a escuta em relatórios mais abrangentes que envolvem a escuta e a análise do desempenho.

web analytics metadata

Porque é importante a análise das redes sociais?


Os consumidores estão agora a responsabilizar as organizações pelas suas promessas de marca e a partilhar as suas experiências com amigos, colegas de trabalho e o público em geral”.

A análise dos media sociais ajuda as empresas a abordar estas experiências e a utilizá-las:

  • Tendências pontuais relacionadas com ofertas e marcas
  • Compreender as conversas – o que está a ser dito e como está a ser recebido
  • Conseguir o sentimento do cliente em relação aos produtos e serviços
  • Medir a resposta aos meios de comunicação social e outras comunicações
  • Identificar características de alto valor para um produto ou serviço
  • Descobrir o que os concorrentes estão a dizer e a sua eficácia
  • Mapa de como parceiros e canais de terceiros podem afectar o desempenho

 

Estes conhecimentos podem ser utilizados não só para fazer ajustamentos tácticos, como para abordar um tweet zangado, mas também para ajudar a conduzir decisões estratégicas.

 

Estas estratégias afectam uma série de actividades empresariais:

  • Desenvolvimento de produtos – A análise de um agregado de publicações no Facebook, tweets e análises de produtos da Amazon pode fornecer uma imagem mais clara dos pontos de dor dos clientes, das necessidades de mudança e das características desejadas. As tendências podem ser identificadas e seguidas para moldar a gestão das linhas de produtos existentes, bem como orientar o desenvolvimento de novos produtos.
  • Experiência do cliente – Um estudo da IBM descobriu que “as organizações estão a evoluir de empresas orientadas para o produto para empresas orientadas para a experiência”. A análise comportamental pode ser aplicada através de canais sociais para capitalizar micro-momentos para encantar os clientes e aumentar a lealdade e o valor vitalício.
  • Branding – Os meios de comunicação social podem ser o maior grupo focal do mundo. O processamento da linguagem natural e a análise dos sentimentos podem monitorizar continuamente as expectativas positivas ou negativas para manter a saúde da marca, refinar o posicionamento e desenvolver novos atributos de marca.
  • Análise Competitiva – Compreender o que os concorrentes estão a fazer e como os clientes estão a responder é sempre crítico. Por exemplo, um concorrente pode indicar que está a renunciar a um nicho de mercado, criando uma oportunidade. Ou um pico em menções positivas para um novo produto pode alertar as organizações para os disruptores do mercado.
  • Eficiência operacional – Uma análise profunda dos meios de comunicação social pode ajudar as organizações a melhorar a forma como avaliam a procura. Os retalhistas e outros podem utilizar essa informação para gerir o inventário e os fornecedores, reduzir custos e optimizar recursos.

Quais as funcionalidades Social Analytics mais avançadas

Estas etapas são típicas de uma abordagem analítica geral das redes sociais que pode ser tornada mais eficaz pelas capacidades encontradas nas plataformas analíticas das redes sociais.

  • As tecnologias de processamento de linguagem natural e de aprendizagem automática identificam entidades e relações em dados não estruturados – informação não pré-formatada para trabalhar com a análise de dados. Praticamente todo o conteúdo dos meios de comunicação social é não estruturado. Estas tecnologias são fundamentais para a obtenção de percepções significativas.
  • A segmentação é uma necessidade fundamental na análise dos meios de comunicação social. Classifica os participantes dos meios de comunicação social por geografia, idade, sexo, estado civil, estado parental e outros dados demográficos. Pode ajudar a identificar os influenciadores nessas categorias. As mensagens, iniciativas e respostas podem ser melhor sintonizadas e direccionadas através da compreensão de quem está a interagir em tópicos-chave.
  • A análise comportamental é utilizada para compreender as preocupações dos participantes dos meios de comunicação social, atribuindo tipos de comportamento tais como utilizador, recomendador, potencial utilizador e detrator. A compreensão destes papéis ajuda a desenvolver mensagens e respostas direcionadas para se encontrar, alterar ou desviar as suas perceções.
  • A análise dos sentimentos mede o tom e a intenção dos comentários dos meios de comunicação social. Tipicamente envolve tecnologias de processamento de linguagem natural para ajudar a compreender entidades e relações para revelar atributos positivos, negativos, neutros ou ambivalentes.
  • Share of Voice analisa a prevalência e intensidade nas conversas sobre a marca, produtos, serviços, reputação e muito mais. Ajuda a determinar questões-chave e tópicos importantes. Também ajuda a classificar as discussões como positivas, negativas, neutras ou ambivalentes.
  • A análise Clustering pode desvendar conversas ocultas e conhecimentos inesperados. Faz associações entre palavras-chave ou frases-chave que aparecem frequentemente juntas e derivam novos tópicos, questões e oportunidades. As pessoas que fazem bicarbonato de sódio, por exemplo, descobriram novos usos e oportunidades utilizando a análise de agrupamento.
  • Painéis e gráficos de visualização, gráficos, tabelas e outras ferramentas de apresentação resumem e partilham as descobertas analíticas das redes sociais – uma capacidade crítica para comunicar e agir sobre o que foi aprendido. Também permitem aos utilizadores compreender mais rapidamente o significado e os conhecimentos e aprofundar os resultados específicos sem competências técnicas avançadas.
Autor(a):
Partilhe este artigo:
Recebe novidades
Enviamos no máximo uma vez por trimestre

Sem spam, pode remover-se em qualquer momento.

Pedido de informações // contato

Seremos rápidos a devolver-lhe o pedido