skip to Main Content
Plano de Marketing – Exemplos, Táticas e Estratégia com 4 pilares
É fácil fazer um plano de marketing,  o difícil é fazer um plano orientado para os resultados, executável e com “accountability”.

 

PLANO DE MARKETING A DUAS PERIODICIDADES

Porque um bom plano de marketing deve combinar a estratégia com as táticas:

Plano Estratégico

De um ano ou mais, bem alinhado com a cultura da empresa, branding, segmentos de mercado e client personas e posicionamento. 

Plano Tático

Períodos mensais ou trimestrais, virado para a execução dos objetivos, possibilita a melhoria continua.

MODELO DE MARKETING DEFINIDO E ALINHADO COM O COMERCIAL

Qual a simplificação que a sua Organização utiliza, por vezes a estratégia de marketing é puramento relacional. Numa prespectiva B2C o modelo ZMOT pode ser mais adequando, enquanto o Account Based Marketing pode ser recomendado para o B2B.

ANALISAR A EMPRESA, O MERCADO E A CONCORRÊNCIA

Um plano que não comece por conhecer quais são os segmentos de mercado, client personas, corre o risco de ser um Arrastão, e de gastar demasiado dinheiro para atingir poucas pessoas relevantes. Se já sabe quem é o seu cliente, então veja qual a sua jornada de compra.

compreender plano de marketing

ANÁLISE DE CAPACIDADES

Para alinhar a mensagem com o que a empresa consegue fazer.

ANÁLISE DE CONCORRÊNCIA

A análise de concorrência é extremamente influente no marketing.

COMPREENDER O MERCADO

Quem é o cliente, qual a reputação da marca, a mensagem de marketing está a ser escutada.

DEFINIR OS PAPÉIS DOS STAKEHOLDERS

O marketer deve envolver todos reponsáveis máximos, para definir a estratégia global perante o mercado. Começar como é que a Organização quer ser conhecida. Esta deve estar alinhada com a cultura da empresa.

 

 

DEFINIR A ESTRATÉGIA DE MARKETING

Aqui a bola está no lado do Empresário / Gestor / CEO / CMO / Marketer, as regras básicas são as seguintes: 

  • quanto mais conhecimento melhor a estratégia;
  • o brandig tem um papel relevante;
  • quanto mais igual à concorrência pior o marketing;
  • alinhar a comunicação com o que a empresa faz;
  • aprofunde o “porquê que a empresa existe”. 

 

A estratégia de marketing pode ser definida numa página, é para mais de um ano. Embora a flexibilidade seja admitida, não muda tanto como os diretores de marketing. Define o posicionamento. A tendência é para centrar-se no cliente.

Não existe um manual científico de elaboração de estratégia de marketing,  apenas uma simples pergunta:

como é que vou influenciar o maior numero de pessoas a comprarem os meus produtos por um bom preço?

 

Uma afirmação a considerar “Cultura come Estratégia ao Pequeno Almoço”:

confirme se dentro da organização existe alinhamento com a estratégia, necessita de mais tempo para plantar ideias ou a estratégia possível?

 

Divida as Táticas de Marketing pelas 3 fases

MEIOS DE AQUISIÇÃO

Quer-se dar a conhecer no mercado relevante, para que se lembrem de si no momento da ponderação da compra.

 

MEIOS DE INFLUÊNCIA

Como influenciar a decisão de compra. No momento em que o potencial cliente está na fase de compra, o website deve estar preparado para o converter, quais são os argumentos, as emoções, as referências a apresentar. 

 

MEIOS DE LEALDADE

Como manter os atuais clientes.  Um tesouro esquecido por muitas empresas portuguesas. Normalmente o CRM e o marketing automation são os meios usados. 

 


 

Nesta fase do plano, o marketeer deve estar perguntar quanto é que isso vai custar? existem algumas formas de calcular os gastos de marketing, bem como benchmarking de gastos.

Em complemento também juntamos uma lista completa de rubricas de marketing para o ajudar na preparação das estimativas de gastos de acordo com as rubricas.

Meios de Aquisição

O Marketer tem que escolher os canais onde o seu potencial mercado está presente. A escolha depende de vários fatores, mas vejamos apenas alguns:

  • Content Marketing – fazer conteúdos que sejam relevantes para o mercado.
  • Website – que seja “user friendly” e que tenha Content Marketing.
  • Palavras Chave – fazer páginas de website com conteúdo atrás referido, focadas em palvras chave que trazem muitos visitantes.
  • SEO – o nível superior de palavras chave, havendo orçamento a longo prazo, havendo dificuldade em chegar ao TOP, a contratação de profissionais de SEO é uma ótima ajuda. 
  • Bases de Dados – existem bases de dados que são legais, e permitem a empresa chegar às pessoas certas. Só as bases de dados de empresas são claramente legais.
  • Advetorial – um misto de editorial com publicidade (advertising). 
  • Outdoors – estes podem trazer maior conhecimento da marca, se o mercado certo passar por ele. AdWords – a publicidade paga online.

 

aquisicao de leads no plano de marketing

Meios de Influência

Os canais de influência podem ser alguns dos anteriores, mas como o comprador já tomou a decisão de comprar, vejamos alguns exemplos:

  • Email Marketing – considerado o canal mais barato.
  • Relações Publicas – em casos que estes estes têm influência real.
  • Networking – uma boa rede de conhecimentos permite aceder a clientes.
  • White Paper – um documento oficial da empresa. 
  • Referências – muito recomendado, especialmente pelo efeito carneiro de alguns personas.
  • Eventos – a presença fisica é muito relevante para negócios se encontrarem. 
  • CRO– a técnica que permite converter visitantes no website em clientes. 

 

influencia marketing

Meios de Lealdade

Muitos empresários portugueses descuram os próprios clientes, quando o sucesso do negócio começa por fazer com que os clientes se apaixonem pela marca:

  • Net Promoter Score – mix de analytics e acção.
  • Ofertas – lembra-se dos clientes nos momentos relevantes.
  • Pós vendas – não estamos a falar de receber uma chamada do concessionário uma semana depois de ter o carro, estamos a falar de todo o período.
  • CRM – meu deus, existem poucas empresas em Portugal com CRM. 
  • Updates – o cliente merece estar informado das novidades, merece esse respeito.
  • Convites – um bilhete duplo para o Mozart, pode ser próximo contrato garantido.. 
  • Assistência – num contexto de call center, como é?  disque 3, depois 2, depois 1,… 

 

loyal client

Chamem-lhe KPIs ou indicadores, mas é muito mais, as análise qualitativas, testes e hipóteses, entre outros. Como os gestores têm graus cognitivos diferentes, processos  e controlos diferentes, o analytics nunca é igual.

 

ciclo plano de marketing

 

 

 

PLANO DE MARKETING EXEMPLOS

Não quer dizer que seja o modelo de plano de marketing que o banco, ou os níveis de gestão acima gostem. Mas, são fortes indicadores de como é que o plano de marketing é bem recebido. Mais abaixo, juntamos os denominadores mais comuns dos planos de marketing.

plano de marketing paloalto

A Paloalto é uma empresa que vende modelos e serviços online de planeamento de negócios.  Tem mais de 500 modelos de planos de negócio e de marketing. Clique aqui para ver um sample de marketing plan.

 

plano de marketing forbes

Num artigo online a revista Forbs apresenta um modelo escrito por David Lavinsky, escrito em 2013. A introdução da proposta unica de valor é uma das secções diferentes dos planos e marketing mais comuns.

 

plano de marketing business

Um artigo muito recente da Business.com, onde o plano é apresentado de uma forma muito resumida: Plan your marketing like a Pro.

 

royal canadian plano de marketing

Se quer saber o que é um Banco Canadiano quer relativamente ao plano de marketing, apenas 5 secções relevantes.

 

Em Português-br o Banco Santander, releva as formalidades para segundo plano e também dá indicações de como se deve fazer um plano de marketing efetivo.

 

plano de marketing blue wire

Não sendo um plano clássico, este modelo destinado apenas a negócios digitais e é muito intuitivo. Gostamos muito das perguntas chave. Leitura rápida da Bluewiremedia mkt plan.

 

Não podia deixar de ser, o Plano de Marketing de Harvard. Este documento foi partilhado por Jennifer Smith da Nova Zelandia.

 

O plano de marketing internacional deve considerar os mesmos fatores que o nacional, com a diferença que deve: estudar um novo mercado, ter uma nova lingua, considerar novas regras, analizar a abertura do mercado, entre outros.

Com a globalização, muitas táticas de marketing estão perfeitamente uniformizadas

Back To Top