skip to Main Content

Google Tag Manager não só amplia as funcionalidades do Google Analytics, como permite a utilização de outras plataformas, evitando a necessidade de recorrer a um programador.

INDICE

  1. O que é Google Tag Manager
  2. Porquê o GTM
  3. Flexibilidade (vantagem)
  4. Segurança (vantagem)
  5. Opções de testes (vantagem)
  6. Gestão de utilizadores (vantagem)
  7. Versões, ambientes e espaços de trabalho (vantagem)
  8. Partilha de código entre Tags (vantagem)

#1 O que é Google tag manager

Para melhor compreender o que é, aprenda a terminologia acerca deste assunto.

Para os websites o Google Tag Manager gere os analytics e a otimização de marketing. Sem ele, o utilizador teria que introduzir os códigos no próprio website, pedir ao programador para o fazer.

O GTM é uma grande ferramenta para os marketeers, porque tornam-se menos dependentes dos programadores, reduzem os erros e acima de tudo ganham rapidez e flexibilidade.

TAGs

São scripts de programação, é código de programação, como por exemplo javascript ou html.

Injecção de TAGs

Ou seja para além do próprio código existente website, é possível injectar outros códigos através de um único.

Esse código “único” é visivel no website (código fonte ou ctrl+u numa página), mas os outros que ele injecta não estão diretamente visiveis.

 

Gestão da Injecção de TAGS

Uma das coisas que o google tag manager permite, é através dum único código de programação, colocar outros códigos.

Por exemplo no código do website apenas vê, este código:

 

Este é o código presente e que se vê na página, contudo, dentro deste pedaço de código estão literalmente  e virtualmente um, dois ou mesmo dezenas de códigos.

 

 

Gestão do Comportamento dos Tags

Por regra os códigos injetados pelo Google Tag Manager têm como propósito a colecta de dados, ab testing e personalizações.

É possivel injetar código para um determinado comportamento, por exemplo, neste website a barra de notificação de cookies deste website.

Mas é na standarização dos eventos no webiste que o Google Tag Manager revela uma das suas vantagens. A ideia é que um dado (ex: cliques no formulário) seja o mesmo para a Google Analytics, Google Ads ou outro, evitando-se a multiplicação de dados.

 

 

O Google Tag Manager até já vem com Tags preparados

Ou seja, em vez de copiar um código inteiro, é só inserir o numero de parceiro nas aplicações que subscreve.

A alternativa seria introduzir o tal código inteiro no injector HTML do google tag manager.

lista de tags do google tag manager
lista de tags da GTM

#2 Porquê o Google Tag Manager

2. 1 Rapidez de Instalação

Esta é a primeira sensação, depois de ter o Google Tag Manager. Existem casos em que houve um aumento de produtividade de 600%.

Quantas vezes é que temos que contar com a “boa vontade” dos programadores, ou quando nos pedem para submeter um ticket, nem se sabe quando está pronto,…

A imagem abaixo é elucida os tempos de implementação de um Tag, e quando tudo corre bem:

… continuar com as vantagens do GTM.

#3 Como instalar o Google Tag Manager

A instalação do Google Tag Manager é fácil. Primeiro terá que abrir uma conta do Google Tag Manager, apenas tenha em atenção que o GTM 360, faz parte de um pack que custa K.USD 150 por ano.

O Google Tag Manager normal é para micro e PMEs e é extremamente potente. O GTM 360 é para grandes empresas à dimensão americana.

Saiba como instalar o GTM aqui.

Conheça os Plugins GTM para WordPress.

Back To Top