skip to Main Content

Um estudo da Gallup revela que as empresas falham em 82%

na tentativa de encontrar o talento certo. Os maus gestores custam aos negócios biliões todos os anos, e ter demasiados pode levar a empresa à falência.

 

Os gestores são responsáveis pela variação de 70% na pontuação do compromisso profissional. Num estudo em 2012, apenas 30% dos empregados americanos estão verdadeiramente comprometidos com a sua actividade profissional, e mundialmente o compromisso cai para os 13%, podendo especular esse valor não seja muito diferente em Portugal.

Este indicador é muito importante, porque existe uma ligação entre ele e os lucros, produtividade, rotatividade, absentismo, incidentes laborais, etc..

 

A consultora defende que os bons gestores possuem os seguinte talentos

 

  • Os bons gestores motivam todos os empregados para assumirem os seus compromissos, através de uma missão e e visão atraente.
  • São assertivos em relação aos resultados e à capacidade de ultrapassar a adversidade e resistência.
  • Criam uma cultura clara de reporte de resultados mensuráveis.
  • Constroem relacionamentos baseados na confiança, dialogo aberto e transparência total.
  • Tomam decisões baseada na produtividade e não na politiquice.

 

A mesma consultora refere que em cada 10 pessoas, existe uma que tem estas características, enquanto as restantes possuem apenas algumas delas. Os processos convencionais de selecção de gestores não têm conseguido encontrar os gerentes com essas 5 características.

Quando as empresas aumentam o numero de gestores com essas características, as empresas aumentam o seu valor em cerca de 150%, em relação aos concorrentes.

Artigo completo em inglês >


Implemente processos de gestão de classe mundial

Back To Top