[vc_row css=”.vc_custom_1549048411416{margin-bottom: 100px !important;}”][vc_column width=”2/3″][vc_column_text css=”.vc_custom_1549056604310{padding-right: 100px !important;}”]O bounce rate levanta muitas questões acerca de como interpretar no google analytics.

É uma métrica do comportamento no website.[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″][vc_column_text css=”.vc_custom_1549056516748{padding-top: 25px !important;padding-right: 25px !important;padding-bottom: 25px !important;padding-left: 25px !important;background-color: #81d742 !important;}”]

Descarregue um Plano de Medição de Analytics

[sibwp_form id=7]

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”stretch_row” column_spacing=”50″ typography_style=”white” css=”.vc_custom_1549048266640{padding-top: 80px !important;padding-bottom: 80px !important;background-color: #0f4275 !important;}”][vc_column width=”2/3″][vc_column_text css=”.vc_custom_1549054485546{padding-top: 40px !important;}” color=”#ffffff”]CUIDADO AQUI

A taxa de rejeição, ou bounce rate, na consola do overview Audiência, é apenas uma primeira ideia geral.[/vc_column_text][vc_single_image image=”27076″][vc_column_text css=”.vc_custom_1549053323631{padding-top: 80px !important;}” color=”#ffffff”]MELHOR INTERPRETAÇÃO

Num âmbito mais focado, pode-se saber qual a taxa de rejeição das páginas, e de onde vieram os visitantes, na Aquisição.[/vc_column_text][vc_single_image image=”27077″][/vc_column][vc_column width=”1/3″][/vc_column][/vc_row][vc_row css=”.vc_custom_1549048950650{margin-top: 120px !important;}”][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

O que é bounce rate do Google Analytics

O conceito é muito simples.

É o número de visitantes que entram no website e saem logo sem qualquer interacção, dividido por todos os visitantes.

Os visitantes entram pela Landing Page da Aquisição. Esta página de entrada, é a primeira página quando se entra pelo website. Não confundir pelo conceito clássico de Landing Page.

Obtém-se um rácio, uma percentagem de pessoas que não mostraram mais interesse.[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″][/vc_column][/vc_row][vc_row css=”.vc_custom_1549055768183{margin-top: 120px !important;margin-bottom: 120px !important;}”][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Interpretar o bounce rate ou taxa de rejeição

Existem dois bounce rates que convém apurar:

 

Website em geral

É relevante controlar a evolução do bounce rate no website, bem como comparar contra a indústria.

Pode comparar na Aquisição, Benchmarking\Canais, sendo necessário seleccionar os âmbitos da industria, região e visitas médias diárias:

benchmarking bounce rate google analytics

Página a página

Aqui queremos saber se nas páginas mesmo importantes para o negócio a taxa de rejeição é a melhor.

Podem existir páginas acessórias, para efeito de SEO ou de assistência, com mais tráfego, mas não tão importantes.

Existe um bounce rate relevante e outro menos importante.

 

 

Bounce rate para o e-commerce

Quanto mais baixo for o bounce rate, melhor.

Mas mesmo dentro do ecommerce o bounce rate as referencias variam de acordo com o país, região, altura do ano, origem do meio, e indústria.

 

 

Bounce rate para assistência online

No outro extremo, quanto mais baixa for a taxa de rejeição, melhor.

O utilizador ficará muito contente, se encontrar logo o que pretende.

Muito menos contente, se terá que procurar a solução dos seus problemas depois da 20ª página.

 

 

Bounce rate para outros websites

A forma como o website é desenhado determina qual deve ser o melhor bounce rate.

A melhoria, optimização das taxas de conversão dos factores combinados (origem, país, época,..), é que vão permitir preparar o website é direcção ao objectivo.

[su_quote cite=”Ricardo Godinho”]Existe uma relação directa entre uma menor taxa de rejeição, com uma maior taxa de transacções.[/su_quote][/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″][vcex_image_banner heading=”Oferta de Instalação” caption=”Google Analytics básico, mas super profissional” link=”url:https%3A%2F%2Fgoodi.pt%2Flp%2Flp%2F|||” overlay_color=”#81d742″][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”stretch_row” column_spacing=”50″ typography_style=”white” css=”.vc_custom_1549056144067{padding-top: 80px !important;padding-bottom: 80px !important;background-color: #f7ffff !important;}”][vc_column width=”2/3″][vc_column_text css=”.vc_custom_1549057253750{padding-top: 40px !important;}” color=”#000000″]

Bounce Rate pode ser diferente de analista para analista

A taxa de rejeição, tal como está configurado por defeito no Google Analytics, ocorre sempre que não existem mudanças de página.

O conceito de bounce rate para o Google Analytics, comporta apenas uma página, o que é simplificado.

Ora, na versão avançada do Web Analytics, por exemplo através do Google Tag Manager,  pode-se definir um evento a afectar o bounce rate:

non interaction hit google analytics

Imagine que entra na presente página, e é logo conseguido a subscrição em troca do plano de medição de analytics. E depois sai logo deste website.

Acha que vamos considerar uma visita que até houve conversão de objectivo, como uma rejeição?

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″][/vc_column][/vc_row][vc_row css=”.vc_custom_1549048950650{margin-top: 120px !important;}”][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Erros no bounce rate ou taxa de rejeição

Uma das coisas que pode acontecer, é o website ser atingido por spam, por visitas não reais. Essas visitas, que deveriam ser filtradas, dão origem a tráfego adicional bem como aumento de bounce rate.

Os erros de programação do website que podem enganar o google analytics. Este é um problema muito raro.

Já a colocação do errada do código do google analytics, duplicação de códigos de google analytics são erros mais comuns.

Também é necessário ter muito cuidado com o Non-Iteraction Hit acima referido, no Google Tag Manager. A definição do que é hit e não é, requer muita atenção e testes.

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″][/vc_column][/vc_row]