skip to Main Content

OS KPIs FINANCEIROS E ECONÓMICOS EXPLICADOS À GESTÃO DE TOP

Confirmamos que o Gestor Português tem menos apetência para os números. Talvez por isso, na Europa, as empresas nacionais são das que têm mais problemas financeiros.

[ezcol_3fifth]General Icons-45QUEREMOS ACABAR COM ISSO [/ezcol_3fifth] [ezcol_2fifth_end].[/ezcol_2fifth_end]

Queremos que o Gestor tenha um sistema de informação financeira que lhe permita o equilíbrio sustentado:

 > evitar e/ou corrigir o colapso financeiro, através das previsões de tesouraria de curto prazo (12 meses) com elevada precisão;

 > apoio à decisão de investimentos de longo prazo com base no retorno de investimento e crescimento sustentado do negócio;

 > definição da aplicação dos excessos financeiros.

 

 


OS 2 KPIS MAIS COMUNS

Na realidade são indicadores de resultados e não de performance como o “P” de KPI, indica. Na nossa abordagem, o Gerente aprende que estes indicadores são usados após um período de Gestão e não para a corrigir. 

 

contrastAUTONOMIA FINANCEIRA

Um dos rácios financeiros mais comuns.

O gestor deve saber acompanhar o rácio da sua própria empresa, bem como olhar para os dos clientes, fornecedores e concorrentes.


contrastSOLVABILIDADE

Também um dos rácios financeiros mais comuns, e até se pode dizer que é equivalente ao do autonomia financeira.

Aqui o gestor interpreta a relação dos capitais próprios da empresa com o que a empresa deve. Quando atinge um certo valor mínimo, os alarmes deverão tocar para fugir desse estado.


OS KPIS FINANCEIROS PARA A SUA EMPRESA

services-search-engine-optimizationÉ relevante saber o retorno do investimento, qual é a rentabilidade comparativa com a concorrência, saber onde é que a empresa ser mais competitiva.

A nossa abordagem é positiva, focando-se onde é que a empresa pode render mais e tornar-se mais forte.

 


[ezcol_2third][mailmunch-form id=”325431″][/ezcol_2third] [ezcol_1third_end]tandberg-1700-MXP[/ezcol_1third_end]

 

 


CRITICA DE UM DASHBOARD DE KPIS FINANCEIROS

Um dashboard pode ter como objectivo uma rápida visão do que, em geral, se está a passar. Ou ter como objectivo, determinar se determinadas estratégias ou iniciativas estão a dar resultados.

dashboard-finance

GERAL – Este dashboard financeiro, indica tratar-se de um dashboard geral.

BUDGET – Este donut não faz sentido no contexto de análise mensal. Só fará sentido durante a preparação do próprio Budget.

NEXT COMPANY MEETINGS – uma espécie de countdown que não faz sentido.

BALANCE SHEET – modelo não utilizado pelos financeiros portugueses. Neste caso é procurado saber qual a riqueza acumulada. Normalmente é mais relevante saber a liquidez.

EXPENDITURE – gastos, período não coincide com o dos revenues, levando a uma distorção. Os períodos primários devem ser todos coincidentes.

Back To Top